Nova edição do Festival Crossroads – Dia Mundial do Rock tem formato presencial e programação dividida em seis dias de rock n’roll

12/07/2021

Cred capa - Renatal Kalkmann

Completando 24 anos de história na cena musical da capital paranaense, o Crossroads anuncia a nova edição do Festival Crossroads – Dia Mundial do Rock, trazendo uma programação presencial e dividida em seis dias, sendo de 13 a 18 de julho. A venda dos ingressos é por mesa, dando direito a quatro pessoas, e podem ser adquiridos pelo valor de R$200 +taxa pelo Sympla.

“Em 2020, realizamos uma edição completamente online do Festival Crossroads, agora, com a devida evolução da vacinação e com as possibilidades que o decreto em vigência permite, anunciamos uma edição presencial, porém dividida em vários dias e apenas uma apresentação musical por noite. Os shows serão no palco do Cross, passando pelas principais vertentes do estilo musical e mostrando que, assim como o rock n’roll, a gente nunca se rende”, explica Alessandro Reis, fundador do Bar Crossroads, fazendo menção ao lema do festival, “Never Surrender”.

Alessandro Reis,fundador do Bar Crossroads e idealizador do Festival - Cred-Carolina Costa

O formato inédito e enxuto segue todas as orientações exigidas pelas autoridades de saúde, com capacidade limitada, mesas devidamente espaçadas, uso obrigatório de máscaras e medição de temperatura. Cada noite tem lotação máxima de 20 mesas.

Programação musical:
Terça-feira – 13 de julho, a partir das 20h - Abrindo a semana rock n’roll, o Crossroads traz o Crackerjack Trio com um emblemático repertório do Live Aid 85, quando foi instituída a celebração oficial do 13 de julho como Dia Mundial do Rock;

Crackerjack Trio apresenta emblemático repertório do Live Aid 85 - Cred Divulgação

Quarta-feira - 14 de julho – Uma celebração ao um dos maiores nomes do estilo musical, a banda Black Sabbath, com o grupo Caravan;
Quinta-feira - 15 de julho – A banda The Elder promete uma noite especial com os grandes clássicos do rock e do Metal;
Sexta-feira - 16 de julho – O Hard Rock ganha vida própria com o show da banda HeartSting e os maiores sucessos dos anos 80;
Sábado - 17 de julho – A noite de sábado é voltada à celebração do rock nacional com a apresentação do grupo Válvula Vapor relembrando os sucessos da década de 80 e 2000;
Domingo – 18 de julho – Para encerrar a programação com chave de ouro, nada melhor do que reunir os sucessos de Red Hot Chilli Peppers, Audioslave e Foo Fighters, em um show especial com o Drive True;

Banda Válvula Vapor relembra os sucessos do rock nacional - Cred Fernanda Merizio

A compra do ingresso da edição 2021 dá direito a 4 lugares no show do dia escolhido, um kit especial para todos da mesa, um baldinho com 5 unidades de Budweiser e ainda ingresso garantido para a edição de 2022. "Apesar de ser uma edição de porte menor, compatível com o momento, será uma semana muito especial e carregada de emoção. Queremos presentear todos que nos apoiarem com a compra dos ingressos dessa edição com presença garantida para o ano que vem", afirma Reis.

Mais informações da nova edição do Festival Crossroads – Dia Mundial do Rock podem ser encontradas nas redes sociais oficiais: Instagram. Os ingressos são limitados e estão à venda pelo Sympla.

Crossroads e o Festival Dia Mundial do Rock – O Crossroads, localizado no bairro Água Verde, teve sua história iniciada há 24 anos e desde então, vem promovendo o encontro do público da capital paranaense com as variadas vertentes do rock n’roll e do Blues, apostando na apresentação de bandas covers e autorais. Durante sua existência, o Cross já conquistou inúmeros prêmios, como o Melhor Música ao Vivo, pela Revista Veja Curitiba, dando espaço não só a grupos locais, mas recebendo também grupos de renome nacional como Blues Etílicos e Celso Blues Boy, e até internacional, como Guy King, blues man de Chicago. Já o Festival Crossroads – Dia Mundial do Rock, apesar de ser realizado desde a fundação do Bar Crossroads, em 1997, se tornou um dos maiores festivais do estilo musical do Sul do Brasil em 2018. A edição marcante reuniu cerca de 8 mil pessoas, assim como a edição de 2019. Desde 2020, com o início da pandemia causada pela Covid-19, o Festival segue em formato especial, prezando não só pela segurança de todos os envolvidos, mas também por entregar entretenimento de qualidade ao público e mostrando que o show não pode parar.