Mostra de Yutaka Toyota no MON será estendida até 28 de fevereiro

01/02/2021

Foto Gilberto Evangelista

A exposição “Yutaka Toyota — O Ritmo do Espaço”, em cartaz desde o início de dezembro no Museu Oscar Niemeyer (MON), será prorrogada até o dia 28 de fevereiro de 2021. A premiada retrospectiva do artista nipo-brasileiro, um dos pioneiros do movimento cinético internacional e da arte interativa, terminaria no dia 17 de fevereiro.

Fechado ao público entre 6 de dezembro e 9 de janeiro em decorrência da pandemia, o MON reabriu as portas seguindo o protocolo sanitário da Secretaria de Estado da Saúde, que prevê o máximo de 200 visitantes simultâneos e limitações específicas para cada sala expositiva.

Retrospectiva

A mostra, que tem patrocínio da Vonder, está exposta na Sala 4. São 86 trabalhos em diversos suportes, com destaque para a produção escultórica. A curadoria de Denise Mattar enfatiza as principais questões que permeiam a obra do artista, apontando o processo que o levou da pintura ao objeto e do plano à superfície reflexiva.

“Quando vierem ver a exposição no MON, os espectadores verão que mergulharão dentro das obras”, explica a curadora. A exposição recebeu, em 2018, o prêmio de Melhor Retrospectiva do Ano pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA).

Toyota, que completa 90 anos em 2021, continua em pleno vigor criativo. O artista esteve na capital paranaense após a reabertura do MON para uma série de ações relacionadas à mostra. Entre os encontros, recebeu, no dia 20 de janeiro, a visita do cônsul-geral do Japão em Curitiba, Masahiro Takagi, ressaltando seu histórico de trabalhos que celebram as relações entre o Brasil e Japão.