Musical 'Naked Boys Singing!' chega em Curitiba com única apresentação no dia 14 de maio

27/04/2022

Cred imagens - Divulgação/Reprodução

No dia 14 de maio, Curitiba recebe o musical "Naked Boys Singing!", no Teatro EBANX Regina Vogue (Av. Sete de Setembro, 2775 – Shopping Estação), às 20h.

Ícone da cultura gay, o espetáculo estreou no Celebration Theatre, em Los Angeles (EUA), em 1998, e, posteriormente, foi montado em Nova Iorque, onde se tornou o segundo musical mais longevo off-Broadway.

Com músicas pujantes, tocadas ao vivo por um ator/pianista e defendido com energia e vitalidade por dez atores/cantores/bailarinos, o espetáculo é dividido em 15 atos musicados, que abordam temas distintos relacionados ao corpo masculino, como circuncisão, masturbação, HIV, ereção involuntária, corpo padrão, gordofobia, pornografia, entre outros, apostando no estilo cômico nonsense e o drama.

Os ingressos estão disponíveis com valores a partir de R$50 (meia-entrada) + taxa admin, e podem ser adquiridos diretamente na bilheteria do local ou pelo site Minha Entrada.

O Musical - "Naked Boys Singing!" possui a estrutura de um gênero que surgiu na França no século XV, o Vaudeville, em que artistas se apresentavam através de números musicais, de dança, acrobacias, mágicas, atletas, grupos ciganos e números com animais. No seu início, os espetáculos eram apenas dirigidos para homens, pois seus números eram considerados grosseiros e chulos.

No século XIX, nos EUA e Canadá, ganhou contornos de comédia ligeira e foi a principal forma de entretenimento da classe média burguesa tornando-se uma diversão para toda a família. No Brasil, houve uma junção entre os termos que pode ser encontrada como opereta, variedade e teatro de revista.

Diferente de seu intuito inicial, que era somente entreter a burguesia, Naked Boys Singing! joga luz em temas como, circuncisão, masturbação, HIV, ereção involuntária, corpo padrão, gordofobia, pornografia e outras surpresas, além, é claro, de falar de amor.

Ficha Técnica:
Idealização: Robert Schrock
Versionista: Rafael Oliveira
Direção: Rodrigo Alfer
Assistente de Direção: Manu Littiéry
Direção Musical: Ettore Veríssimo
Assistente de Direção Musical: Gabriel Fabbri
Direção Coreográfica: Alex Martins
Assistente de Coreografia: João Hespanholeto
Preparação de Elenco: Érika Altimayer
Cenário e Figurino: Daniele Desierrê
Desenho de Luz e Iluminação: Guilherme Pereira
Desenho de Som: André Omote
Copista: Rafael Gamboa
Produção e Cenotecnia – Alexandre de Marco
Produção: Alexandre de Marco
Produção Bacana Produção Artísticas & Mosaico Produções
Elenco: André Lau, Aquiles, João Hespanholeto, Luan Carvalho, Lucas Cordeiro, Raphael Mota, Ruan Rairo, Silvano Vieira, Victor Barreto, Tiago Prates e Gabriel Fabbri - Pianista